Penso assim...

SEM A CURIOSIDADE QUE ME MOVE, QUE ME INQUIETA, QUE ME INSERE NA BUSCA, NÃO APRENDO NEM ENSINO.
(Paulo Freire)
































































quinta-feira, 21 de julho de 2011

Homenagem

Bom, ontem foi o Dia do amigo. Então, FELIZ DIA DO AMIGO A TODOS!"Atrasadinha", rs,Beijão por me aturar por aqui.

Quero prestar uma homenagem a uma amiga blogueira . A Nina do Blog
tempestade-floresnocaminho.blogspot.com, que é minha CENTÉSIMA seguidora. Como sei que ela gosta de poesias, escolhi alguns poemas para homenageá-la.

Para você, Nina , de coração.

APRENDE
Tu encontrarás, sempre, no teu caminho alguém
para a lição de que precisas.
Aprende, mesmo que não queiras.
Feliz é o que aprende.
Errar é humano, diz a sabedoria popular.
Insistir no erro é obstinação.
Aquele que reconhece o seu erro, está no
caminho da perfeição.
Reconhece o teu erro, mesmo que custe muito
ao teu orgulho e vaidade.
Ajude a quem precisa e acredite.
Aqueles que acreditam, caminham para a frente.
Aqueles que duvidam, põem pedras e tropeços
nos caminhos dos outros.
Cora Coralina


Certeza!
De tudo, ficaram três coisas
A certeza de que estamos
sempre começando...
A certeza de que precisamos
continuar...
A certeza de que seremos
interrompidos antes de
terminar....
Portanto devemos:
Fazer da interrupção
um caminho novo ...
Da queda um passo
de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro...
(Fernando Pessoa)

Os Poemas
Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto alimentam-se um instante
em cada par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...
Mário Quintana


Princesa Desalento

Minh'alma é a Princesa Desalento,
Como um Poeta lhe chamou, um dia.
É magoada, e pálida, e sombria,
Como soluços trágicos do vento!
É fágil como o sonho dum momento;
Soturna como preces de agonia,
Vive do riso duma boca fria:

Minh'alma é a Princesa Desalento...
Altas horas da noite ela vagueia...
E ao luar suavíssimo, que anseia,
Põe-se a falar de tanta coisa morta!
O luar ouve minh'alma, ajoelhado,
E vai traçar, fantástico e gelado,
A sombra duma cruz à tua porta...
Florbela Espanca

Bjão! Luzia

7 comentários:

  1. Bom dia Luzia
    "Aqueles que acreditam, caminham para a frente."
    Acredito que um amigo verdadeiro merece ser lembrado e comemorado todos os dias.
    Deus te abençoe.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  2. Boa Tarde Luzia tudo bem ?
    Vim desejar uma excelente tarde pra vc e aproveito para dizer que tem selinho pra você lá no meu blog.

    Bjs e até mais _ Liliam

    ResponderExcluir
  3. Olá Luzia obrigado pelo comentário, a eu amo muito enfermagem espero que sua filha seja uma ótima enfermeira eu me formo no final de 2012.
    Apareça sempre que puder lá no blo viu! muitos beijos!

    Mah!* Temellis!*

    ResponderExcluir
  4. Lindo, mesmo você é muito sensível, beijo no coração!

    ResponderExcluir
  5. Linda mensagem, adorei o seu blog, beijos

    ResponderExcluir
  6. Luzia, obrigadão pela visita e pelas palavras....... vc é um amor.

    Bjs do Zé Carlos

    ResponderExcluir